" />


Novo ano pastoral arranca este domingo na Diocese de Mindelo

2021-09-29       Actualidade       Igreja  

  

A abertura do ano pastoral na Diocese de Mindelo, realiza-se, tradicionalmente, no primeiro domingo de Outubro, e é o primeiro ano de um triénio subordinado ao tema «Igreja Casa e Escola de Comunhão, Viva e Missionária”. Neste novo ano pastoral, a atenção centra-se na temática "Igreja Casa e Escola de Comunhão. A identidade laical e a «fantasia da caridade»".

O ano pastoral na Diocese de Mindelo, começa no dia 3 de Outubro, com o bispo diocesano, D. Ildo Fortes, a convocar toda a diocese a prosseguir e a aprofundar a caminhada sinodal, viva e missionária.
“A nossa Diocese pretende avançar nos próximos três anos rumo à celebração dos 20 anos da sua criação, que será em 2024. Nestes últimos anos, apesar das dificuldades que o mundo todo conheceu e continua a viver, nós temos muitas graças para dar a Deus pelas inúmeras maravilhas que Ele nos fez experimentar, sobretudo no sector da família, da formação cristã e da «fantasia da caridade»” refere o bispo na carta pastoral enviada a todos os diocesanos.
Para sinalizar a abertura do novo ano pastoral, o bispo, D. Ildo Fortes presidirá este domingo a uma celebração eucarística na Paróquia de São Vicente, às 10h30, em Mindelo, na ilha de São Vicente.
Na mensagem onde convida todos os diocesanos para prosseguirem na dimensão comunional e missionária, D. Ildo Fortes interpela diretamente os jovens para uma participação ativa na caminhada sinodal.
“Não deixa de ter um lugar privilegiado na nossa programação pastoral, o apoio aos nossos jovens e desejando muito que possam participar no grande evento mundial, a Jornada Mundial da Juventude - JMJ Lisboa 2023.”, indica D. Ildo.
O bispo da diocese apela apela à “fantasia da caridade” para que " a inesperada crise provocada pela pandemia de Covid-19 converte-se numa boa oportunidade para o anúncio do Evangelho".
No documento, D. Ildo indica que “há um caminho a fazer e que comporta a renovação de todos os secretariados e serviços diocesanos que assim se justificarem”, pois "às vezes é bom renovar e integrar gente nova que sempre traz novas dinâmicas e ideias; todos temos a aprender uns com os outros”.
O bispo de Mindelo explica que “nos associamos desde já e com muita alegria na preparação dos 500 anos da Diocese de Santiago de Cabo Verde que será em 2033. Nessa ocasião, a nossa diocese estará a celebrar os seus 30 anos. Um sacerdote e uma leiga da nossa Diocese já foram indigitados e integram a comissão inter-diocesana para essas comemorações que se encontra em pleno funcionamento”, uma atitude participativa que “mais pessoas e toda a Diocese estará envolvida neste grande acontecimento que toca toda a Igreja em Cabo Verde, a sociedade, a cultura e outras instâncias do país”.
“São José, o Guarda do Redentor e Patrono da Igreja Universal, continue a vigiar com o seu olhar atento e confiante sobre toda a humanidade e proteja as nossas comunidades com o seu solícito coração de Pai!”, assinala D. Ildo, na carta pastoral publicada  aqui no Site da Diocese de Mindelo.

Fonte: Diocese de Mindelo

 



Notícias relacionadas