Em Missa organizada pela Pastoral Universitária, Irmã Elisângela se despede da Diocese

2021-07-28       Actualidade       Igreja  

  

Nesta terça-feira, 27, a Irmã Elisângela Rebelo da Congregação das Irmãs Irmãs Filhas do Sagrado Coração de Maria, foi homenageada numa emocionante celebração Eucarística para sua despedida, realizada pela Pastoral Universitária.

A Santa Missa foi presidida pelo Padre Hernany Dias, Assistente Espiritual da Pastoral Universitária. O padre Hernany destaca que a Pastoral Universitária será sempre grata à irmã Elisângela. “O que se destaca é a gratidão da Pastoral Universitária pelo serviço e, sobretudo, pelo testemunho de vida consagrada e doada às comunidades da Diocese de Mindelo, especialmente à Pastoral Universitária, com esse jeito simples e acolhedora”.

Pastoral Universitária
Além da presença do bispo da Diocese, Dom Ildo Fortes, a celebração contou com a participação dos membros da Equipa da Pastoral Universitária, e que ao final a homenageou com belas palavras de gratidão e de encorajamento para a nova missão. Logo após a Santa Missa seguiu-se um momento de confraternização e descontração.

Transferência
Irmã Elisângela foi transferida para a Comunidade religiosa de São Filipe, na cidade da Praia, onde existe uma grande casa da sua fraternidade. Ela é consagrada há  9 anos e está na Diocese de Mindelo desde o ano de 2013. Ela desenvolveu trabalhos principalmente no secretariado da catequese e da juventude, colaborou na Capela de São José no Madeiral e na Pastoral Universitária.
Expressando sua gratidão a Deus, à Pastoral Universitária, Irmã Elisângela garante que a passagem pela Diocese, especialmente pela Pastoral Universitária, foi muito significativa e um importante momento de sua vida espiritual.

História e Carisma das Irmãs Filhas do Sagrado Coração de Maria
Nasceu em Dakar - Senegal a 24 de Maio de 1858, sob o impulso do Bispo Aloys Kobés, com o auxilio da Irmã Rosalie Chapelain, da Congregação das irmãs de São José de Cluny.
O carisma da Congregação é valorizar a mulher africana; evangelizar a África pelos seus próprios filhos; colaborar com os Padres na evangelização, trabalhando na catequese, na  pastoral da juventude, na liturgia, centros de formação humana, nas escolas e nos hospitais.

PHD

Fonte: Diocese de Mindelo

 



Notícias relacionadas