PAPA FRANCISCO: «A ORAÇÃO SIMPLES COMOVE JESUS»

2020-01-17       Actualidade       Papa Francisco  

  

«Jesus veio justamente por nós pecadores e quanto mais pecador você for, mais próximo o Senhor estará de você. Tenhamos o hábito de repetir esta oração sempre: “Senhor, se queres, tens o poder”».

«Senhor, se queres, tens o poder». Na homilia da missa celebrada na Casa Santa Marta, no dia 16 de Janeiro, o Papa Francisco comentou o episódio evangélico da cura do leproso e exortou a contemplar a compaixão de Jesus, que veio para dar a vida por nós, pecadores.
O Papa deu destaque à “história simples” do leproso, que pede a Jesus para ser curado. Naquela expressão “se queres”, está a oração, que “chama a atenção de Deus”, e a solução. «É um desafio – afirmou Francisco –, mas é também um acto de confiança. Eu sei que Ele pode e, por isso, me entrego a Ele». «Mas por que este homem sentiu a necessidade de fazer esta oração?», questionou o Pontífice. «Porque via como Jesus agia. Este homem tinha visto a compaixão de Jesus». “Compaixão”: um “refrão no Evangelho”, que tem os rostos da viúva de Naim, do Bom Samaritano, do pai do filho pródigo.
«A compaixão envolve, vem do coração e o leva a possuir algo. Compaixão é ‘sentir com’, tomar o sofrimento do outro sobre si para resolvê-lo, para curá-lo. E esta foi a missão de Jesus. Jesus não veio para pregar a lei e depois ir embora. Jesus veio ‘em compaixão’, isto é, para sentir com e por nós e a dar a própria vida».
O convite do Papa é para repetir “esta pequena frase”: “Sentiu compaixão”. Jesus – explicou  Francisco – «é capaz de se envolver nas dores, nos problemas dos outros porque veio para isso, não para lavar suas mãos e fazer três ou quatro sermões e ir embora, está sempre ao nosso lado».

Fonte: Vatican News

 



Notícias relacionadas