Encontro dos seminaristas maiores (diocesanos) de Cabo Verde

2014-04-23       Actualidade       Diáspora  

  

A Páscoa é um tempo de encontro com o Ressuscitado e com os irmãos, aliás a liturgia de hoje diz-nos que Cristo se aproximou dos discípulos de Emaús, caminhou com eles, explicou-lhes o verdadeiro sentido das Escrituras, a propósito do pedido «Ficai connosco, porque o dia está a terminar e vem caindo a noite», Jesus entrou, ficou com eles e partiu-lhes o Pão da vida (Cf. Lc 24, 13-35).

Há já alguns anos que os discípulos de Cristo (seminaristas maiores [diocesanos] de Cabo Verde) se reúnem na terça-feira depois da Páscoa para estarem juntos, rezarem, partilharem as alegrias e tristezas da caminhada, ouvirem ecos dos diferentes seminários onde residem e da Igreja de Cabo Verde. Não faltam também momentos de diversão como uma boa partida de futebol entre a Diocese de Santiago e a de Mindelo, ou, entre os seminaristas e os universitários caboverdianos. Mas não só… há jogos de cartas, encontro com a comunidade estudantil na cidade onde se realiza o encontro e sem esquecer, é claro, a famosa “cachupada” confecionada pelos seminaristas.

Este ano o encontro realizar-se-á de 22 a 25 de Abril e a cidade e o seminário de Évora foram eleitos para acolherem os nossos seminaristas. Também, o reitor do seminário menor de São José - Praia, Padre José Álvaro estará com eles para os acompanhar durante esses dias e servir de ligação entre os seminários onde estudam os nossos seminaristas e as Dioceses de Cabo Verde.

Estes encontros têm sido muito ricos em experiências partilhadas, laços de amizade  e testemunhos vocacionais. Como partilhava o Pe Eliseu Lopes: «Felizes aqueles que sonharam e concretizaram estes momentos. É um tempo de encontro com Cristo e com os irmãos que vivem as mesmas experiências, sonham os mesmos sonhos e aspiram a mesma vocação na Igreja. Por outro lado, estas pequenas reuniões estreitam os laços de amizade e são úteis para um futuro serviço pastoral em equipa».

De cabo Verde endereçamos aos nossos seminaristas votos de uma Santa Páscoa e que o encontro, mais uma vez, seja frutífero.