Dom Ildo Fortes exorta ao amor na família durante III Encontro Nacional das Equipes de Nossa Senhora

2017-11-05       Actualidade       Igreja  

  

Dom Ildo Fortes exortou ao amor e alegria no seio das famílias, no III Encontro Nacional das Equipes de Nossa Senhora (ENS), que decorre durante os dias 04 e 05 de Novembro, na ilha do Sal.

As Equipes de Nossa Senhora (ENS) é um movimento internacional de casais que visa ajudar os mesmos a viver “plenamente” o seu sacramento do matrimónio, “anunciando ao mundo” os valores do casamento.
Neste 3º Encontro Nacional das Equipes de Nossa Senhora – Região Cabo Verde, Dom Ildo Fortes, que orienta o painel sobre o amor e alegria, destacando o papel da família, disse que o mais importante desta agregação é o trabalho que cada equipa de casais da ENS faz durante o ano, partilhando a vida de casal, as experiências, oração, entre outras actividades.
«O amor é fundamental. O que nos une aqui é o amor que tem Deus como fonte. E é no berço, na família, sobretudo, organizada, unida, que se ama… que aprendemos o bê–á–bá da relação humana, do respeito e do amor. Por isso que o amor é fonte de alegria», enfatizou, apontando a necessidade de restaurar e cuidar “muito” da família.
Dom Ildo Fortes manifestou que quem participa num encontro destes sai muito mais fortalecido, enriquecido, não só pelos contributos, partilhas, conferências, orações e troca de experiência, mas pelo “amor e comunhão”.
«Um organismo deste procura fomentar a comunhão, o amor. Por isso, nós só podemos esperar um maior fortalecimento a nível nacional deste movimento, que são as equipas de casais de Nossa Senhora», acentuou.
O III Encontro Nacional das Equipes de Nossa Senhora que tem lugar no Cine ASA, nos Espargos, sob o lema “Matrimónio sinal de amor e alegria” junta cerca de 250 casais de vários pontos do país, onde actualmente está este movimento em Cabo Verde, nomeadamente Santiago, São Vicente, Santo Antão, além do Sal, contando também com uma presença internacional, do casal responsável pela ligação com a África.
O evento que comporta também parte festiva, lúdica, celebrativa, é também testemunhado pelo cardeal Dom Arlindo Furtado e vários padres que vêm das diferentes ilhas.
Durante estes dois dias o ENS vai avaliar o percurso feito desde Janeiro de 2016 – data do segundo encontro nacional em Santiago até agora, traçar novos horizontes para o futuro, na perspectiva de avançar e alargar a acção a outras ilhas do país.

Fonte: Inforpress

 



Notícias relacionadas