DOM ILDO FORTES ENVIA MENSAGEM DE FELIZ ANO NOVO

2020-01-10       Actualidade       Igreja  

  

A página da Diocese de Mindelo, no facebook, publicou no dia 31 de Dezembro, às 12h25, um vídeo intitulado “Mensagem para o Ano Novo do Bispo da Diocese de Mindelo, Dom Ildo Fortes”, onde Dom Ildo Fortes apresentava os seus votos de Festas Felizes e de Próspero Ano Novo a todos os diocesanos e a todos os homens de boa-vontade.

No vídeo, Dom Ildo Fortes falava, primeiramente, da necessidade de fazer uma retrospecção daquilo que foi o ano de 2019 e de agradecer a Deus. Em segundo lugar, manifestava o desejo de que 2020 seja um ano de sementeira, todos comprometidos em semear bons valores que dignificam o homem. Em terceiro lugar, concentrava a sua atenção nos jovens, no lugar dos jovens na Igreja e na Sociedade. Eis, na íntegra e literalmente, a mensagem do Bispo da Diocese de Mindelo:
«Meus estimados amigos e irmãos;
Estamos a chegar ao final do ano 2019 e eu gostaria de convidar a todos para fazermos uma retrospecção, olharmos para trás e vermos os muitos momentos e muitos acontecimentos que temos de agradecer, termos o coração grato por tudo o que o Senhor nos concedeu e, se os nossos olhos forem olhos da fé, há muito para agradecer.
Estamos a entrar no ano 2020 e, curiosamente e de uma forma muito bonita, o primeiro dia do ano é consagrado à Santa Maria, Mãe de Deus, e é também o Dia Mundial da Paz. A paz é algo que todos nós desejamos. Se há coisa que todos nós queremos na vida é que tenhamos paz connosco mesmos, paz na família e paz na relação com os outros. A paz, sendo um fruto, um dom e uma consequência, exige que nós preparemos, que nós a semeemos. Dizia uma grande mulher da Idade Média, Santa Teresa de Ávila, que “tudo passa, só a Deus basta e quem a Deus tem nada lhe falta”.
Eu queria desafiar a todos que o nosso ano de 2020 fosse de sementeira, pudéssemos semear a ternura no seio da família, o amor, o perdão, que é uma coisa tão necessária hoje em dia, nas nossas relações uns com os outros. Somos propensos a valorizar as tensões e conflitos, e é necessário perdoar. Perdoar parece um gesto de humilhação, mas é quando somos verdadeiramente grandes, perdoamos e damos espaço aos outros. Que 2020 seja um ano para semearmos justiça para podermos colectar a paz.
Nós, Diocese de Mindelo, temos os olhos postos nos jovens - a família com Cristo sempre jovem -, e eu queria pedir que a juventude tivesse um lugar privilegiado nas nossas acções, nos nossos projectos e que ajudássemos os nossos jovens a perceberem que eles são o "agora", o "agora" de Deus, o "agora” da humanidade, o "agora" da família e que a felicidade maior que o jovem pode experimentar na sua vida é quando faz da própria vida um projecto onde os outros tenham lugar, quando é capaz de viver na generosidade, voltado para os outros e, principalmente, para os que mais precisam. O mundo nos tem enganado e nos tem ajudado a pensar que nós somos felizes quando pensamos muito em nós, quando nós nos enchemos de coisas, mas não é por aí o caminho no sentido maior. A razão plena da nossa vida encontra-se quando nós vamos ao encontro dos outros.
É isto que eu queria desejar para todos vós e que neste ano sintamos o olhar de Deus, a face de Deus que se volta para nós, que nos enche de bênçãos e que nos enche de ternura. Feliz Ano Novo para todos!».
O vídeo de Dom Ildo Fortes conta, até ao momento, com 120 gostos, 94 partilhas, dezenas de comentários e 7200 visualizações, o que mostra a boa aceitação do conteúdo.
Em resposta ao vídeo do Bispo de Mindelo, Ana Ferreira comentou: «Linda mensagem D. Ildo! Obrigado, igualmente, que seja um Ano cheio de bênçãos!». Já, Diana Andrade Tavares salientou: «Feliz Ano Novo, D. Ildo! Obrigado pela bela mensagem que nos transmitiu. Um abraço em Cristo». Por sua vez, Maria Rodrigues escreveu: «Um Novo Ano de muita saúde, Paz e repleto de momentos bons na graça de Deus».



Notícias relacionadas