CORONAVIRUS – ESTUDANTE CABO-VERDIANO NA CHINA TRANQUILIZA FAMILIARES EM SANTO ANTÃO

2020-02-01       Actualidade       Sociedade  

  

Jovem cabo-verdiano estudante na China, António Marçal, natural de Ponta do Sol, ilha de Santo Antão, publicou um post no seu perfil de facebook ontem, 31 de Janeiro, às 22h24, onde apela a não divulgação de notícias de fontes não oficiais e pede oração para que a situação melhore.

No momento em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou na quinta-feira, 30 de Janeiro, o surto da doença como emergência de saúde pública de interesse internacional, António Marçal, estudante cabo-verdiano na China, tranquiliza os familiares em Ponta do Sol, ilha de Santo Antão, dizendo que está bem e que a situação na cidade de Xi’na, onde mora, é bem melhor que em Wahan.
Marçal apela a todos para que «não divulguem notícias de fontes não oficiais, evitando mais pânico» e pede ainda que «rezem para que a situação melhore, principalmente na cidade de Wuhan epicentro, onde residem também estudantes cabo-verdianos». 



Notícias relacionadas